Momentos

A cerimônia deve ter o seu cortejo de acordo com os desejos do casal. Os ritos, as músicas, as simbologias, tudo deve seguir as intenções de tornar aquele dia num dia inesquecível… todos os momentos realizados merecem ser desenhados com os corações que ali se entregam, como a montagem de um conto, com um começo, um meio, e um felizes para sempre. Apresento aqui algumas sugestões de como tornar ainda mais emocionante esses momentos:

 Momento dos Votos

Votos são as promessas feitas pelos noivos. É a expressão concreta do que podemos chamar: amor. Nesse sentido, dizer os votos significa expressar simbolicamente como se ama. É a forma de entregar ao outro tudo o que ainda não foi dito. Tudo que ainda há de vir. Fazer um voto significa dizer: Eu estou pronto, estou resolvido. Eu quero! Eu aceito!

 Momento “Mistura de Areias”

Há duas maneiras de ver e apreciar as areias. A primeira, como um elemento natural, um conjunto de partículas de rochas, ou um simples objeto diante dos olhos. É uma visão que se tem de imediato, nada se cria. A segunda,porém, não apenas o objeto, mas a representação do que se pode tirar da areia, como os caminhos que foram percorridos para que o casal viesse a se encontrar, as trilhas do destino, um significante que se pode ver além. As areias quando misturadas não se pode mais separar uma da outra, as cores serão uma nova cor… a cor do casal. O que o amor uniu nada pode separar.

  Momento “Enlace de Fita”

O enlaço com a fita pode representar um “sem fim” de significações. Na simbologia do enlaçamento, unindo os pulsos dos noivos, um ao outro, se cria a imagem de unidade, de ser único no mundo para ser parte do outro. De estar ligado pelo amor estabelecido na contagem do tempo, da aproximação cotidiana, da preocupação constante com o desejo de quem se ama. Portanto, é uma expressão de intimidade e doação.

 Momento “Quebra da Taça”

É próprio do casamento beber da mesma taça, pois somente nela há o vinho que deve ser partilhado enquanto representação da alegria e encontro do casal.  Há também como um gesto simbólico, a quebra da taça, para dizer que as tristezas devem ficar para trás como os pedaços de vidro que se espalham e como o velho vinho que derrama e vai. De agora em diante é preciso tomar um novo vinho.

 Momento “Troca de Alianças”

O simbolismo das alianças está contido na lembrança de duas liberdades que se abraçam… de dois anseios que se põe lado a lado. Esse momento vem lembrar que o amor, como o círculo, não tem princípio, nem fim, e simplesmente acontece.